Uma das principais metas definidas logo após a realização do 7º Congresso Nacional do PT, em novembro passado, é também o maior desafio da legenda a partir de 2020, quando o Brasil todo volta às urnas para as eleições municipais: manter o contato direto com a população e reafirmar o legado do partido.

A partir desta premissa,  São Paulo exigirá esforço redobrado tanto dos representantes petistas quanto da militância, já que se trata da maior cidade do país.  E é neste cenário que Laércio Ribeiro assume a presidência do Diretório Municipal ao lado de outros 37 dirigentes zonais.

“É uma alegria, Laércio, te-lo como presidente. Você é jovem e representa a força que o partido tem de se renovar. Por isso eu não tenho dúvidas de que entraremos em 2020 muito mais fortes e sabendo aonde queremos chegar”, exaltou a presidenta Nacional do PTGleisi Hoffmann, durante cerimônia de posse realizada na capital paulista na noite desta sexta (6).

Também presente no evento, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad reiterou o papel da cidade no cenário político nacional: “Nós tivemos três oportunidades de governar a cidade com algo em comum entre as gestões: olhar para as necessidades dos que mais precisam. Basta comparar o que foram estes três governos com os que os sucederam. As nossas administrações foram qualitativamente diferentes. O que está acontecendo em São Paulo em áreas como mobilidade, saúde e educação, ou foi feito por nós ou planejado por nós”.

Ciente dos desafios que terá pela frente, Laércio Ribeiro prometeu trabalhar duro para que “o modo petista de governar” seja relembrado. “Nós fizemos história na cidade em diversas áreas. De direitos humanos a mobilidade. Mas o povo quer saber o que mais podemos fazer por eles. Nós temos que apontar para novas perspectivas, dialogar com a população, para que a gente dê conta dessa grande tarefa que teremos pela frente”.

Da Redação da Agência PT de Notícias

Ler 191 vezes

Partido dos Trabalhadores

O Partido dos Trabalhadores surgiu como agente promotor de mudanças na vida de trabalhadores e trabalhadoras das cidades e dos campos, militantes de esquerda, intelectuais e artistas.

Foi oficializado partido político em 10 de fevereiro de 1980. O PT integra um dos maiores e mais importantes movimentos de esquerda da América Latina. Confira nossas redes sociais

 
 
 
 
 

Seja Companheiro!

Cadastre-se Online

Top