Morreu hoje em São Paulo aos 86 anos Francisco Maria Cavalcanti de Oliveira, mais conhecido como Chico de Oliveira. Pernambucano de Recife, trabalhou na Sudene com Celso Furtado e assim como ele foi perseguido pela ditadura. Durante muitos anos deu aula na FFLCH/ USP. É reconhecido como um dos grandes pensadores do Brasil.

Chico de Oliveira participou da fundação do PT, junto a uma geração brilhante de intelectuais. Durante um bom tempo contribuiu para a construção do programa do PT.

Destacou-se pela capacidade crítica, por um marxismo inquieto, voltado a interpretar e mudar a realidade brasileira. Sua grande obra Crítica à Razão Dualista ainda serve de referência para compreender os grandes marcos de análise do desenvolvimento do capitalismo no Brasil. Contrapondo aos que defendiam o desenvolvimento como modernização e aos que separavam desenvolvimento na periferia de superação do capitalismo, Chico nos honrou com seu esforço de tornar o socialismo um horizonte menos longínquo.

Chico foi também crítico ao PT, do qual se desfiliou em 2003. Nunca foi, no entanto, adversário. Marchava por caminho diferente, mas em busca de um horizonte comum.

Em nome do PT reconhecemos e agradecemos sua grande contribuição ao partido.

Aos seus familiares, amigos e amigas, manifestamos nossos profundos sentimentos.

Chico de Oliveira Presente!

Comissão Executiva Nacional do PT

Ler 219 vezes

Partido dos Trabalhadores

O Partido dos Trabalhadores surgiu como agente promotor de mudanças na vida de trabalhadores e trabalhadoras das cidades e dos campos, militantes de esquerda, intelectuais e artistas.

Foi oficializado partido político em 10 de fevereiro de 1980. O PT integra um dos maiores e mais importantes movimentos de esquerda da América Latina. Confira nossas redes sociais

 
 
 
 
 

Seja Companheiro!

Cadastre-se Online

Top