O deputado Rui Falcão (PT-SP) protocolou naCâmara dos Deputados Projeto de Lei (PL 1126/2019), que acrescenta o artigo 461-A, da Consolidação das Leis do Trabalho, que têm por objetivo garantir a efetividade de salários iguais para homens e mulheres, negros e brancos, que exercem a mesma função. O PL foi apresentado nesta terça-feira (26).

Em sua justificativa, o projeto busca efetivar os princípios constitucionais da igualdade e da proibição de diferença de salários por motivo de sexo, idade, cor ou estado civil. A proposição ainda abriga dados publicados pelo Fórum Econômico Mundial, os quais demonstram que o quadro de desigualdade persiste no país. Entre 2013 e 2018, o Brasil teve sua nota reduzida na categoria “Participação e Oportunidade Econômica” do ranking de igualdade de gênero.

Dados do IBGE demonstram também a desigualdade de rendimentos entre brancos e negros. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad) do ano de 2017 registrou que o rendimento médio mensal real de todos os salários das pessoas brancas (R$ 2.814) era maior que os rendimentos observados para as pessoas pardas (R$ 1.606) e pretas (R$ 1.570).

“É preciso suprir essa deficiência brutal em nossa sociedade. A desigualdade de renda entre homens e mulheres chega a ter um diferencial de 30%, já entre negros e brancos esse diferencial é ainda maior”, explica o parlamentar.

Por PT na Câmara

Ler 913 vezes

Partido dos Trabalhadores

O Partido dos Trabalhadores surgiu como agente promotor de mudanças na vida de trabalhadores e trabalhadoras das cidades e dos campos, militantes de esquerda, intelectuais e artistas.

Foi oficializado partido político em 10 de fevereiro de 1980. O PT integra um dos maiores e mais importantes movimentos de esquerda da América Latina. Confira nossas redes sociais

 
 
 
 
 

Seja Companheiro!

Cadastre-se Online

Top